Webinar: 6 dicas para se desenvolver um


Webinar é um tipo de seminário online que é transmitido ao vivo ou não, abordando assuntos que são de interesse do público-alvo de uma marca. Dessa forma, ela consegue gerar mais engajamento com um formato variado de conteúdo e aumentar sua autoridade.

Esse é um dos tipos de materiais mais ricos que existem, ótimo para atrair e gerar leads, bem como fazer conversões.

Por conta de seu formato, consegue prender a atenção do público por um período de tempo maior, principalmente quando falamos de transmissões ao vivo. Elas oferecem o melhor custo-benefício e ainda promovem mais interação.

É ainda a melhor estratégia para as empresas que desejam entregar conteúdo rico para seu público-alvo, o que aumenta sua credibilidade.

Sem falar que aquele investimento pesado de tempo e dinheiro em seminários presenciais é completamente eliminado. O webinar possui um formato simples, que permite a participação de um número maior de pessoas.

Ou seja, é a melhor forma de espalhar informação relevante e do interesse do seu público-alvo, para um número maior de pessoas e sem gastar muito.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é webinar, como criá-lo e quais são as vantagens e resultados de se investir nesse tipo de conteúdo. Confira.

O que é webinar?

Webinar ou webinário, em português, nada mais é do que um seminário online destinado a um público-alvo de uma marca e que aborde assuntos de seu interesse. 

Ele é uma das estratégias mais eficientes de marketing digital, mais precisamente do marketing de conteúdo.

Pode ser transmitido ao vivo, inclusive, esta é a modalidade mais usada por negócios dos mais variados setores, como um estúdio para gravação áudio. No entanto, a empresa também pode gravá-lo e exibi-lo posteriormente.

Tem sido bastante usado nos últimos anos, uma vez que ajuda a construir autoridade e trazer mais oportunidades para as organizações. Também é considerado pela maioria dos líderes de venda como a melhor maneira de gerar leads.

Seu funcionamento é bastante simples, similar a uma videoconferência que transmite um seminário, onde o apresentador expõe uma pauta e pode interagir com os participantes por meio do chat.

O melhor é que existem muitas plataformas, inclusive gratuitas, que podem ser usadas para transmitir esse conteúdo, como no caso do YouTube. Contudo, alguns equipamentos são indispensáveis, tais como:

  • Câmera;
  • Microfone;
  • Acessórios para iluminação;
  • Ambiente adequado.

Mesmo assim, configura-se como uma alternativa simples e barata para muitas empresas, como no caso de um escritório de arquitetura focado na criação de ambiente de estudo adequado.

Da mesma maneira, pode ser usado para as mais variadas possibilidades, como captação e geração de leads, lançamento de produtos, melhorar o relacionamento com os clientes, dentre outras.

Sendo assim, podemos dizer que o webinar é essencial porque ele ajuda a marca a conquistar seus objetivos, independentemente de quais sejam. Basta usar sua criatividade e escolher um tema que agrade a sua audiência.

Como criar um bom webinar

Agora que você já está por dentro dessa estratégia, como ela funciona e qual a sua importância, vamos explicar como colocá-la em prática e criar um webinar de sucesso. 

Para isso, é necessário fazer o uso de algumas práticas, como:

1. Definir um tema

A escolha do tema depende de alguns fatores, como o tipo de negócio, objetivos e público-alvo. Se, por exemplo, uma fabricante de painel de led indoor deseja gerar mais leads, precisa investir em uma pauta mais abrangente sobre o seu nicho de atuação.

Agora, se o conteúdo é destinado a leads já existentes, é preciso direcionar o assunto a etapa onde eles se encontram, de maneira mais avançada.

Também, se o objetivo é converter leads qualificados em clientes, então o tema deve ter como foco os diferenciais do produto ou serviço e uma oferta única, como frete grátis.

É dessa forma que o tema será direcionado corretamente e eles podem usar como base conteúdos que já foram publicados e que obtiveram mais alcance.

Ademais, o título do webinar deve ser impactante para atrair e manter a atenção dos usuários durante toda a transmissão.

2. Criar uma landing page

É nessa página de aterrissagem que você vai incluir as informações e angariar inscrições. Tudo deve ser abordado de maneira abrangente, como foco nos benefícios trazidos para quem participar.

Os detalhes sobre o assunto, obviamente, serão passados durante a transmissão. Escolha uma boa sala para palestra e solicite o e-mail dos participantes para mantê-los sempre bem informados.

3. Selecionar uma boa plataforma

Para escolher bem a plataforma de transmissão, leve em conta suas habilidades com os serviços e tudo o que envolve a criação de um webinar.

Se a intenção é criar algo simples e eficaz, pelo fato de você não ter muita experiência, é recomendável usar uma plataforma gratuita, como Facebook Live, Google Hangouts ou YouTube Live.

Por meio deles, é possível criar uma boa transmissão ao vivo, que permite interagir de maneira satisfatória com os participantes.

Além disso, também pode-se gravar o conteúdo para que ele fique disponível para quem não pôde acompanhar ao vivo.

Por outro lado, se a empresa deseja algo mais robusto, pode optar por algumas plataformas pagas.

Elas contam com recursos como painel de engajamento, integram-se a outros softwares de marketing, emitem relatórios de desempenho e criam uma identidade exclusiva para sua transmissão.

Ademais, possuem ferramentas úteis para a divulgação e monitoramento da transmissão, o que permite à empresa, como um estúdio musical profissional, gerenciar o webinar em uma única plataforma.

4. Escolher uma data

A data e o horário do webinar devem ser definidos, pelo menos, três semanas antes do evento. Tome cuidado também com o dia da semana escolhido e o horário, pois isso pode atrapalhar o sucesso da estratégia.

Também atente-se ao fato de que cerca de 15% das inscrições costumam ocorrer duas semanas antes da transmissão, e 33% no dia do webinar.

5. Criar um bom roteiro

É preciso ter um roteiro bem definido para garantir um fluxo agradável para o seminário online. Uma dica é organizar o tema em falas e tópicos, baseando-se nos materiais que serão usados, como demonstrações e slides.

Todo o roteiro deve ser bem planejado, ou seja, começo, meio e fim, para impactar os participantes de maneira positiva.

6. Fazer a divulgação

O sucesso do webinar de uma fabricante de moleskine branco ou qualquer outra empresa depende muito da divulgação.

Um dos canais mais eficientes é o e-mail, e o convite enviado por ele pode se estender às redes sociais.

Ainda, é interessante investir em campanhas pagas pelo Google e pelo Facebook. No próprio blog, não se esqueça de criar uma boa chamada para ação (CTA), durante o texto e também em mensagens pelo chat.

Vantagens e resultados

Investir em um bom webinar traz muitas vantagens para as marcas, que se refletem diretamente em seus resultados. Por exemplo, por meio dele, a organização consegue conquistar a atenção do público muito mais rápido do que com outras estratégias.

Esse tipo de transmissão, principalmente ao vivo, garante um aprendizado muito mais rico para os participantes do que ler um texto no blog.

Também é uma forma de aumentar o engajamento do público, porque ver o apresentador usando um microfone sem fio profissional e falando sobre os interesses da audiência, certamente humaniza a marca.

É isso o que aumenta os vínculos entre os participantes e a empresa, sem falar no fato de que ela pode responder às dúvidas deles imediatamente, o que garante uma aproximação ainda maior.

Ademais, só de a marca estar mostrando o quanto domina seu mercado, garante a ela mais autoridade. Inclusive, o simples fato de anunciar essa modalidade de conteúdo já cria essa atmosfera.

Outra vantagem é que ele aumenta muito o tráfego do site ou blog. Todo o seu investimento na estrutura da transmissão, como cenografia de palco e iluminação é compensado, porque um número maior de pessoas passa a conhecer a marca.

O usuário reconhece o valor desse tipo de conteúdo para sua informação e aprendizado, e acaba retribuindo com outras formas de interação, como seguindo os perfis da empresa nas redes sociais.

As vendas, consequentemente, aumentam, visto que elas não são tão limitadas quanto às que ocorrem no espaço físico da empresa.

É possível reunir uma grande quantidade de pessoas em um mesmo lugar, fornecer informações relevantes e, no final, fazer uma boa oferta.

As chances de conversões de leads aumentam consideravelmente, contudo, é essencial que a marca saiba como fazer sua abordagem, no momento mais propício.

Conclusão

Divulgar informação relevante e interagir ao mesmo tempo com a audiência são ações muito importantes para qualquer marca, e por meio do webinar, isso é possível.

Esse formato de conteúdo posiciona a sua empresa um passo à frente da concorrência e não deve ser deixado de lado. Agora que você já sabe como fazer um bom webinar, é só dar o primeiro passo rumo ao sucesso da sua empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Postar um comentário

0 Comentários