Brasilidade agrega vantagem competitiva



Enquanto nós tomarmos por referência de qualidade os tais modelos de gestão pública que são adotados pelos países do Velho Mundo ou mesmo por qualquer outra nação tida como desenvolvida na atual ordem mundial capitalista - de estado ou não -, deixaremos de focar no papel transformador que o Brasil há de desempenhar em nome dos vencidos, rumo à paz universal.

Refiro-me ao resgate da nossa identidade cultural, de valiosa base africana e indígena. Entre outras virtudes, ambas origens possuem admirável sabedoria no que diz respeito às artes da convivência do ser humano com o seu meio ambiente. 

Em regime tribalista, respeitam a pluralidade social e dispensam a famigerada força coercitiva do Estado dito moderno. Ainda que desprovidas do saber científico que acumulamos com a evolução do conhecimento de base binária, científico, tribos são as referências sociais mais confiáveis. Deveríamos valorizar relações interpessoais tribais e pôr fim ao complexo nacional de vira-latas.

Grupos de WhatsApp, Face e a proliferação tribal crescente nas redes digitais, espelham rumos à navegação com mais afinco na infovia da informação. Motivam, cada vez mais, a formação das redes colaborativas. Promovem a ética do bem estar. Valorizam o respeito às diferenças.

Criemos espaços virtuais e reais à experimentação do ser tribal e com propósitos universais — os quais dignificam a posse e não a propriedade do planeta.

Programa Fernando Joly, em parceria com o Sistema Press Club, promove o encontro de um seleto grupo de profissionais interessados na brasilidade como valor agregado ao mercado de eventos sociais e corporativos (foto).

Todos nós vamos conferir os resultados desta degustação, a partir das próximas exibições programadas para a TV Clima Tempo e reproduzidas na web. Acompanhe e interaja: https://www.fernandojoly.com.br/

Brasilidade agrega vantagem competitiva Brasilidade agrega vantagem competitiva Reviewed by Luiz Henrique Miranda on outubro 12, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário