APAE DE SÃO PAULO promove o primeiro seminário internacional sobre envelhecimento de pessoas com deficiência intelectual



Encontro será realizado no Memorial da América Latina, entre os dias 19 e 20 de setembro, e contará com especialistas do Brasil, EUA, Irlanda e Espanha

A área de Ensino, Pesquisa e Inovação da APAE DE SÃO PAULO realizará, entre os dias 19 e 20 de setembro, o I Seminário Internacional sobre o Envelhecimento da Pessoa com Deficiência Intelectual. O evento é patrocinado pela Klabin S.A – maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais; Coca-Cola FEMSA, American Airlines e Gol Linhas Aéreas, conta com o apoio da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo (SEDPcD), Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), Federação das APAEs do Estado de São Paulo (FEAPAES-SP) e tem como objetivo propor discussões e trocas de experiências para a criação de soluções que contribuam para o atendimento a pessoas com deficiência intelectual em processo de envelhecimento.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que a parcela da população com 60 anos ou mais no país deve duplicar até 2050 e atingir a marca de 74,6 milhões pessoas. O Censo Demográfico de 2010 indica ainda que cerca de 45 milhões de pessoas apresentam algum tipo de deficiência no Brasil. Entre os indivíduos com deficiência intelectual, a estimativa é de que haja 2,6 milhões de pessoas, sendo 537 mil acima dos 60 anos.

"Com o avanço da biomedicina e ações socioassistenciais, como a inclusão social, pessoas com deficiência intelectual estão cada vez mais longevas, o que demonstra um rompimento no paradigma quanto à expectativa de vida. Com isso, surge a necessidade de se elevar a demanda por cuidados e a formação de pessoas que se disponham a acompanhar pessoas idosas por um tempo maior, resultado de mudanças significativas na estrutura familiar, tais como: diminuição na composição familiar, por conta da queda expressiva das taxas de fecundidade, o que reduz o potencial assistencial familiar; e significativa inserção da mulher no mercado de trabalho, sendo que no passado era a principal responsável pela atenção dos cuidados a todo núcleo familiar. Esses dois cenários impactam diretamente no futuro da prestação de cuidados", explica Leila Castro, especialista em envelhecimento da área de Ensino, Pesquisa e Inovação da APAE DE SÃO PAULO.

Dados do estudo multicêntrico Saúde, Bem Estar e Envelhecimento (SABE), realizado no município de São Paulo e divulgado em 2005, na Revista Brasileira de Epidemiologia, indicam que boa parte da população atual com 60 anos já demonstra níveis significativos de fragilidades em suas condições de vida e saúde, o que reforça a necessidade de prestação de cuidados contínuos e prolongados. Atualmente, porém, as famílias não conseguem suprir mais que 50% das demandas associadas a esses cuidados. Além disso, o Estado ainda não tem políticas públicas que garantam esses apoios. Em países desenvolvidos, como Estados Unidos, Espanha, Portugal, Austrália, Irlanda e Reino Unido, as políticas públicas voltadas para o oferecimento de cuidados de longa duração e apoio social à população idosa são baseadas em um conjunto de responsabilidades compartilhadas entre Estado, família e sociedade.


"O seminário é uma oportunidade para estimularmos discussões sobre alternativas que considerem o desafio de envelhecer com deficiência intelectual, com foco na heterogeneidade dos processos de envelhecimento e nos diferentes tipos de apoio necessários para suprir as demandas dessa população", comenta Dra. Laura Guilhoto, consultora técnica e científica da área de Ensino, Pesquisa e Inovação da APAE DE SÃO PAULO.

A expectativa é que 350 pessoas participem do evento, entre gestores de políticas públicas, especialistas de universidades, institutos de pesquisa científica e instituições de ensino, médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais e cuidadores.

A programação completa do seminário, inscrições e demais informações podem ser encontradas no site oficial: www.apaesp.org.br/seminario-envelhecimento

Serviço:
I Seminário Internacional sobre o Envelhecimento da Pessoa com Deficiência Intelectual
Datas: 19 e 20 de setembro de 2019
Horários: 19/09 (das 12h às 19h) / 20/09 (das 8h30 às 18h)
Local: Auditório da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564, Portão 10 (Memorial da América Latina) – Barra Funda, São Paulo - SP, 01156-001

Sobre a APAE DE SÃO PAULO
A APAE DE SÃO PAULO é uma Organização da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, que há 58 anos previne e promove a saúde das pessoas com deficiência intelectual, além de apoiar a sua inclusão social e a defesa de seus direitos, produzindo e disseminando conhecimento. Atua desde o nascimento ao processo de envelhecimento, propiciando o desenvolvimento de habilidades e potencialidades que favoreçam a escolaridade e o emprego apoiado, além de oferecer assessoria jurídica às famílias acerca dos direitos das pessoas com deficiência intelectual. Pioneiro no Teste do Pezinho no Brasil e credenciado pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência em Triagem Neonatal, o Laboratório APAE DE SÃO PAULO é o maior da América Latina em exames realizados. Por meio da área de Ensino, Pesquisa e Inovação da APAE DE SÃO PAULO, a Organização gera e dissemina conhecimento científico sobre deficiência intelectual com pesquisas e cursos de formação. Para colaborar, os interessados podem ligar para: 11-5080-7000, acessar ou enviar e-mail para atendimento@apaesp.org.br .

Sobre a Klabin
A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.


Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais: www.klabin.com.br

Informações para imprensa
CDI Comunicação
André Guerra (11) 3817-7907 andre.guerra@cdicom.com.br
Jorge Valério (11) 3817-8002 – jorge@cdicom.com.br
Letícia Suzuki (11) 3817-7911 – leticia.suzuki@cdicom.com.br
APAE DE SÃO PAULO promove o primeiro seminário internacional sobre envelhecimento de pessoas com deficiência intelectual APAE DE SÃO PAULO promove o primeiro seminário internacional sobre envelhecimento de pessoas com deficiência intelectual Reviewed by Eryka on setembro 12, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário